Sobre ficar de molho

Há alguns anos minha vida se resume em uma grande crise de hérnia de disco com pequenos intervalos de melhora de vez em quando. Todo dia antes de dormir coloco um saco de água quente na lombar, por 20 minutos, e não saio de casa sem minha melhor amiga, Novalgina de 1g. Não sei o que é correr, pegar peso é sentença de morte e tem dia que ficar sentada é tortura. Invariavelmente sou obrigada a passar 2 ou 3 dias de molho e pra mim não tem nada pior no mundo do que não poder fazer o que eu quero. A única coisa que costuma aliviar (e muito) as minhas dores é … caminhar. Ando quase 2km por dia voltando a pé do trabalho pra casa e tem dias que o alívio é tamanho que tenho vontade de fazer o percurso umas três vezes. Fazer Pilates também foi muito amor, mas infelizmente, muito caro. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s