Best of Instagram

 

Instagram da semana

 

 

12345678910

 

 

 

Segue lá! @lucianatorres

Anúncios

Clube da Luta

Clube da Luta

 

“É assim que as coisas funcionam quando se tem insônia. Tudo está muito longe, é a cópia da cópia da cópia. A insônia o distancia de tudo, você não consegue tocar em nada e nada consegue tocar em você.” (21)

“Estranhos com esse nível de honestidade me dão uma grande brochada, se é que você me entende.” (21)

“Um momento era o máximo que você poderia esperar de algo perfeito.” (36)

“Respondo que simplesmente não quero morrer sem ter algumas cicatrizes.

“Não significa mais nada hoje ter um corpo perfeito.” (56)

“Naquela época a minha vida parecia completa demais, e talvez tenhamos que quebrar tudo para construir algo melhor em nós mesmos.” (62)

“Tudo isso é minha culpa. As vezes você faz algo e se ferra. E as vezes as coisas que não faz é que ferram você.” (70)

“O desastre é uma parte natural da minha evolução rumo a tragédia e a dissolução.” (136)

Sobre Natal …

Foto do Instagram (@lucianatorres)

Foto do Instagram (@lucianatorres)

Antes de mais nada, Feliz Natal pra quem lê esse blog =D

Eu queria ter enfeitado mais a minha casa, não o fiz por falta de espaço mas sim por excesso de coisas. Queria ter espalhado aqueles enfeites pequenos e fofos pela casa toda, ter colocado gorro de Papai Noel e ter montado uma árvore de Natal. Queria gostar de rabanada e Panetone, bacalhau eu prefiro continuar não gostando. Queria estar cercada das pessoas que eu amo, todas ao mesmo tempo, mas isso AINDA não é possível. Ainda.

Fica aqui estabelecida a minha meta pro Natal do ano que vem. Fazer tudo o que eu queria ter feito esse Natal. Com menos coisas inúteis pela casa e mais enfeites natalinos, mais pessoas queridas, mais comida e óbvio, mais Chandon.

Sobre fotografia …

Fotografia, pra mim, sempre foi relacionada a reação/emoção das pessoas. O maior prazer que eu tenho é mostrar uma fotografia pra alguém e isso provocar um “que lindo!”, um “não gostei” ou simplesmente um silencio que diz mais do que muitas palavras por aí.

Há algum tempo postei despretensiosamente duas fotos  no Instagram (http://instagram.com/lucianatorres) que me deixaram surpresa. Eis as fotos em questão:

mao 2 Mao 1

 

Postei sem pretensão nenhuma, serinho. Pra ser sincera nem estavam no hall das minhas melhores fotos. Mas isso acontece frequentemente nesse mundo. As vezes eu publico uma foto minha que eu sou capaz de JURAR que vai bombar. Que vou ganhar vários elogios, que vou alcançar várias pessoas e vou virar Diva (ok, não.). Mas aí essa foto nem tchum. Aí posto um outra, que nem amoooooo de paixão e dramaticamente acho que nem vai valer a pena publicar. Mas não. Ela bomba. Ela tchum. Não chego a virar Diva mas chegou quase lá.

Isso aconteceu com essas duas fotos e é justamente isso que acho maneiro. O que é sensacional pra mim pode não ser pra você, o que eu vejo pode não ser o que o meu vizinho vê.  E isso não vale só pra fotografia. 

Sobre domingo …

Vai caindo a noite, começo a ouvir a voz do Faustão vindo da sala. O dia foi de sol mas parece que a noite será de chuva. Liguei a TV e a  voz do Faustão agora está no meu quarto. Me arrependi de ter feito isso. Não tenho saco pro Faustão e tenho pena dos entrevistados dele. Só quero ver as Video Cassetadas e depois o Fantástico. As 14h meu namorado saiu pra trabalhar e daqui a 1h30 ele estará de volta. Ainda bem. Nesse meio tempo terminei um trabalho da faculdade e ajudei a minha mãe com as provas dos alunos dela. Domingo é isso: dia de trabalhos, de estudos e de ajudar mama. Cheguei a conclusão que gosto de domingos, mesmo esses meio sem graça, meio morto. Acho que gosto de domingos porque odeio segundas.

O domingo está acabando e a angustia vai me tomando. Amanha não poderei dormir até tarde e isso se repetirá nos próximos 3 dias. Domingo é dia de organizar as obrigações da semana, de correr pra terminar trabalhos e rezar pra não ter esquecido de nada.

 

4

 

Desde que me conheço por gente tenho insonia na noite de domingo pra segunda. Obvio, sempre tinha a consciencia pesada por nao ter feito um dever da escola e ficava imaginando a merda que seria no dia seguinte. Sempre achei que passar dever de casa em um final de semana era um crime, deveria ser proibido. Acho até hoje. Agora, quase terminando a faculdade eu me conformei de que a vida é assim e eu que me foda. Pois bem. Continuo com a maldita insonia mas ta beleza, tem a reprise do Fantástico na Globo News madrugada a dentro.

 

1